Interbrand - Creating and managing brand value

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

Interbrand e EBAC – tudo a ver!

0

Aviso aos navegantes: na semana que vem, iremos na EBAC (Escola Britânica de Artes Criativas), apresentar os bastidores da criação da LATAM e você é nosso convidado para essa palestra gratuita. Para quem ainda não conhece, a EBAC foi inaugurada recentemente na Vila Madalena, em São Paulo, com uma proposta de educação arrojada e inovadora, que tem tudo a ver com a gente.

“O voo de LATAM”

Os bastidores da criação da nova marca

A criação da LATAM é um marco na história da aviação, a primeira vez que duas grandes linhas aéreas aliam-se sob uma nova bandeira. A partir do compromisso de levar sonhos e pessoas cada vez mais longe e o melhor da América Latina para o mundo, trabalhamos, ao longo dos últimos dois anos, em um intenso processo de implementação, que passou a ser conhecido em maio deste ano. A Interbrand esteve envolvida no processo de nascimento da nova marca desde o início e vai contar os bastidores da complexidade desse case, desde a decisão estratégica de unir duas gigantes aéreas em uma nova marca até o novo design dos aviões e aeroportos, passando pela curadoria de todos os pontos chave de contato da marca com o consumidor.

Inscreva-se e nos vemos lá!

 

 

 

 

Por isso,

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

E se as marcas fossem esportes?

0

#1º round – LATAM e o nado sincronizado

Falar de marca é falar de identidade. Isso a gente sabe muito bem. As marcas guardam simbologias, mensagens, ideais e personalidade. Assim como os esportes. Sim. Dizer que você faz hipismo é muito diferente de dizer que você luta boxe. Ou seja, os esportes também podem dizer muito sobre quem os pratica.

Inspirados pelo clima das Olimpíadas e Paralimpíadas, que acabaram de começar, surgiu a pergunta: “e se as marcas fossem esportes, quais seriam?”

Para chegar na resposta, resolvemos olhar para as marcas que ajudamos a construir aqui dentro da IB. Afinal, essas a gente conhece bem a fundo: da estratégia à paleta de cores.

Para começar a partida, nada melhor do que a LATAM, que ajudamos a decolar e é a companhia aérea oficial dos jogos.

A LATAM é uma marca feita de detalhes: a tipografia que lembra as asas de um avião, o nome que carrega suas origens, as cores que contam história de forma calorosa e elegante.

Pensamos que a LATAM seria o nado sincronizado.

O nado sincronizado é um tipo de balé praticado em uma piscina funda. É um esporte extremamente elegante e moderno, que se tornou olímpico em 1984, nas olimpíadas de Los Angeles.

Assim como a LATAM, o esporte também é minucioso e preciso. Só assim para conseguir manter a sincronia e a beleza dos movimentos. 

É sempre praticado em grupos ou duplas, com as pessoas dançando em perfeita harmonia, no mesmo ritmo e na mesma batida. O que lembra muito a sintonia do time da LATAM, que tem mais de 50 mil pessoas trabalhando juntas para levar o melhor da América Latina para o mundo.

E, apesar da leveza para quem vê, o nado sincronizado exige força das nadadoras para vencer a resistência da água, bem parecido com o trabalho da companhia aérea para fazer decolar milhares de voos todos os dias.

Além disso, as bailarinas não tem contato com o chão, e sustentam o corpo pelo movimento. É como se estivessem voando, só que dentro da água.

Acompanhe nos próximos dias mais posts da série “E se as marcas fossem esportes?”

(Texto: Taís Scaroni Arte: Caio Alonso)

 

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

Best Work Awards 2016

0

Além de todos os prêmios que a gente participa ao longo do ano, como Rebrand, iF Design Awards, Red Dot, entre outros, a Interbrand realiza internamente o Best Work Awards, que premia os melhores trabalhos de todos os escritórios da rede espalhados pelo mundo.

E nós, de São Paulo, tivemos ótimas notícias. Fomos premiados em três diferentes categorias, com os seguintes projetos:

Itaú Social: Corporate Citizenship

LATAM Airlines: Experience – Brand Identity e Activation –  Brand Implementation

Jio*: One Firm (um projeto feito por um time internacional da Interbrand e compartilhado com os escritórios de Zurique, Colônia e Madrid)

:)

 

 

 

 

 

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

Open Studio “O voo de LATAM”

0

Na última quarta-feira, 10/08, um grupo de estudantes e profissionais da área de Design teve a oportunidade de visitar nosso escritório. Em parceria com a ABEDESIGN e como parte da programação da Brasil Design Week, realizamos o Open Studio “O voo de LATAM”, uma palestra que mostrou os bastidores do processo criativo da nova marca, lançada em maio.

O papo, que foi comandado por Beto Almeida, nosso diretor executivo, Sérgio Cury, diretor de criação e Gil Bottari, gerente criativo da marca (aquele que acompanhou as pinturas dos aviões em cima da asa), durou cerca de 2hs e teve olhos e ouvidos atentos por saber mais sobre o que esteve por trás desse complexo e apaixonante processo. 

“O evento aconteceu de coração e estratégia abertos. É claro que a notoriedade do case da Latam é gigante, o que já era esperado, mas acho válido fazer uma menção à profundidade com que o material foi apresentado e a vontade de explicar cada mínimo detalhe que o Beto, o Gil e o Sérgio tiveram, o que fez com que nos sentíssemos dentro do dia a dia deste projeto”, disse Cesar de Souza, designer de 24 anos.

“A visita ao escritório da Interbrand SP foi muito expansiva, pois com a apresentação do case de LATAM, pudemos ter um panorama sobre como o design atua na prática, além de ampliar nosso entendimento de que o designer é necessário em todas as etapas do projeto, desde a estratégia de negócios até a comunicação e identidade aplicada”, completou Jéssica Delfino, estudante de Design Gráfico.

:)

Nos vemos na próxima!

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

Open Studio

0

Vem aí a Brasil Design Week 2016, semana de eventos, palestras e workshops organizada pela ABEDESIGN , que acontecerá de 8 a 14 de agosto.

Nós também faremos parte da programação e vamos abrir as portas para estudantes e interessados nas áreas de design e branding no dia 10/8, às 10h. Inscreva-se no Open Studio aqui para ser um dos 20 sortudos (as vagas são limitadas) que vão poder ver mais de perto os bastidores do processo de criação da nova marca LATAM.

Esperamos por você!

 

 

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

Estamos concorrendo ao prêmio Brandemia – e você pode votar!

0

LATAM Airlines foi indicada em várias categorias e Interbrand concorre à melhor agência Iberoamericana

O maior portal Iberoamericano de branding, o Brandemia, acaba de anunciar os concorrentes ao prêmio deste ano – referência quando o assunto são marcas que se destacam na região. E nós da Interbrand fomos contemplados com ótimas notícias.

Além de ter a LATAM Airlines, um de nossos cases mais premiados, indicada em várias categorias (veja abaixo), a Interbrand também está concorrendo à melhor agência Iberoamericana.

E a melhor parte é que a votação é aberta ao público, ou seja, chegou a hora de você também participar com a gente desta que pode ser mais uma comemoração pelo nosso trabalho! :)

Clique aqui para votar, até 13/7.

Contamos com a sua colaboração. Valendo!

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

Os bastidores da LATAM Sans

0

Se você acompanha o nosso blog, provavelmente já teve contato com diversas etapas do desenvolvimento da identidade da LATAM, desde a criação do logo até a pintura dos aviões, propriamente ditos.

Entrevistamos o tipógrafo Daniel Sabino, da Blackletra, parceiro responsável pela criação da família tipográfica exclusiva, que nasceu junto com a marca. Desde o início, a LATAM Sans teve o objetivo de traduzir em cada detalhe o conceito de warm inside da LATAM, que nada mais é do que o jeito caloroso de ser do latinoamericano.

LATAM Sans mal nasceu e já foi selecionada, entre inúmeros trabalhos, para a principal vitrine do universo da Tipografia: o Tipos Latinos 2016, sétima edição da Bienal de Tipografia Latinoamericana.

Dê o play e confira a entrevista.

Entrevista com Daniel Sabino, typedesigner da LATAM Sans from Interbrand SP on Vimeo.

 

(vídeo: Erick Fugii)

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Carlota Braga
em

Claudio Edinger fala sobre a arte de criar a marca LATAM

1

(por: Janine Stankus tradução: Camilla Cossermelli)

Uma compahia aérea nos ajuda a encontrar nosso lugar, a focar e entender quem somos. E, nos levando a lugares longe da nossa zona de conforto, expande nosso próprio conceito de identidade.

As imagens do fotógrafo Claudio Edinger se imprimem na sua mente: as fotografias são carregadas de presença, não apenas das pessoas e lugares que captura, mas também de seu observador. Seu foco seletivo, uma técnica que virou sua marca registrada, convida o público a conversar com sua obra. Algumas de suas imagens mais memoráveis são cenas icônicas como a da

bohemé de Nova Iorque, o Chelsea Hotel e a Venice Beach de Los Angeles, ambas no final dos anos 70 e início dos anos 80. Edinger mergulha fundo em espaços que transbordam emoção – como  os registros de um hospício – e viaja o mundo explorando os corações de grandes cidades e capturando a alma de cada lugar fotografado.

Faz sentido que a LATAM tenha procurado um artista brasileiro para ajudar a criar uma marca que se tornaria instantaneamente memorável.  O novo Grupo LATAM Airlines mirou construir uma identidade visual que definiria a nova companhia aérea enquanto desenha sobre as raízes latino-americanas das duas marcas. Edinger, por sua parte, mantém fortes conexões pessoais e artísticas com a região – e com viagens. Nascido no Rio de Janeiro, iniciou sua carreira na fotografia em São Paulo em 1975 e passou décadas explorando o mundo por meio de sua lente. Em 2000, o fotógrafo voltou ao Brasil para trabalhar em seu ensaio fotográfico em andamento, começando com

Rio, um estudo em preto e branco de sua cidade natal, publicado em 2003.

Para Edinger, as fotos para LATAM são parte de seu ensaio pessoal – e é um trabalho do qual se orgulha, particularmente. O projeto de branding (seu primeiro) o levou a locais no Brasil, na Argentina, no Chile, no Peru, na Colômbia, no Uruguai e no Equador. O trabalho é distintamente do Edinger –

fine art que transcende meras propagandas de viagem. Não há metrópoles glamurosas ou paisagens exageradas de praias, exibindo turistas sorridentes. Cada foto oferece uma visão aérea impressionante, porém intimista, de algum canto da América Latina, enquadrada de uma forma que literalmente impele o observador a explorar a cena.

As fotos foram selecionadas pelo diretor criativo da Interbrand São Paulo, Sergio Cury, e representam o espírito da nova LATAM – complementando o logo, o design do livery e experiências sobre as quais a Interbrand desenvolveu a nova identidade. Somos privilegiados não apenas por colaborar com Edinger, mas por também conversar com ele sobre seu trabalho recente no projeto. Edinger dispõe de insights fascinantes sobre como artistas e marcas podem se beneficiar ao trabalharem juntos – ambos podem construir conexões mais fortes com as pessoas e obter um conhecimento mais profundo sobre si mesmos.

Leia a entrevista a seguir:

Como você se envolveu com a LATAM? Você já trabalhou com branding dessa forma antes?

A Interbrand fez contato comigo – sou muito envolvido em trabalhos de fine art, produzindo obras que me interessam e vendendo a colecionadores por meio de três galerias diferentes no Brasil. Eu nunca fiz nada assim antes.

Como você se organiza para casar a fine art com o branding? Você tem a mesma liberdade criativa nesse contexto que você tem com seus outros trabalhos?

Houve um momento em que ambas as necessidades – as de LATAM e as minhas próprias – convergiram. Nos últimos vinte anos, tenho desenvolvido uma narrativa pessoal que foca no significado de identidade. Por vinte anos vivi e trabalhei na cidade de Nova Iorque. Depois de tanto tempo longe de casa, meu trabalho se centrou na busca sobre o que significa ser brasileiro. Fotografar a América Latina expandiu minha busca de uma forma maravilhosa. Descobri que nossos vizinhos também ajudam a determinar quem somos.

Muito de sua fotografia explora as conexões entre pessoa e lugar. Há algo nessa conexão que seja importante ao contar a história da marca LATAM?

Acredito que uma companhia aérea faz exatamente isso: nos conecta aos lugares – e esses lugares determinam quem realmente somos. De uma forma, uma companhia aérea é como o sangue que flui nas veias do mundo, que mantém o corpo – o planeta – vivo e em constante evolução.

Seu foco seletivo carrega certo simbolismo ou significado no contexto dessas duas marcas se unindo?

A maioria das pessoas não percebem, mas o foco seletivo é como a gente realmente vê as coisas. Ao ler esse texto, você foca nas palavras e no lugar sem qualquer esforço e todo o resto fora de foco. Vemos tudo focado e desfocado ao mesmo tempo – esse é o paradoxo da visão. Uma companhia aérea nos ajuda a encontrar o nosso lugar, nos ajuda a entender quem somos. E, nos levando a lugares longe da nossa zona de conforto, expande nosso próprio conceito de identidade ao mesmo tempo.

Quais foram os maiores desafios criativos desse projeto? Qual foi o aspecto que você mais gostou?

Fotografar lugares que já foram fotografados tantas vezes, só que com novos olhos e uma nova abordagem. Isso é o que me interessa: as infinitas possibilidades de fotografar lugares conhecidos. É muito bom descobrir a magia da fotografia em ação e as intermináveis possibilidades visuais de todos os lugares.

Como uma pessoa inspirada por viajar intensamente, como você descreveria a conexão que as pessoas têm com marcas de companhias aéreas?

As companhias aéreas podem ou realizar ou estragar sua viagem.

Parece que as marcas estão se esforçando mais do que nunca para se conectar com as pessoas do mundo real. Você acha que artistas podem ajudá-las a fazer isso mais efetivamente – e mais autenticamente?

Sim. Artistas procuram por respostas. Têm o objetivo de levantar questões importantes sobre quem somos. Estão em constante movimento e isso reflete em seu trabalho. Assim como as companhias aéreas, estão em fluxo constante. Temos muito em comum. Amamos voar, em todas as direções. Quebrando todas as regras – eu, especialmente, gosto de desafiar a lei da gravidade.

 

Leitura relacionada
1 Comentário(s)
Fabio Castro
Qual é a expectativa de vocês para o valor da marca LATAM, haja vista que a marca TAM no ano passado estava ao redor de US$ 107 mi, segundo li na ISTO E Dinheiro.
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>