Interbrand - Creating and managing brand value

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

Que tal ser a voz da Interbrand?

0

Temos uma vaga para coordenador de comunicação.

A Interbrand é uma consultoria que cria marcas para o Brasil e para o mundo. Agora, precisamos de alguém para comunicar um pouco sobre tudo que fazemos.

Tem interesse? Veja as funções e requisitos e envie seu CV para interbrandsp@interbrand.com usando o assunto vaga comunicação. Boa sorte!

Assessoria de imprensa

Criação de releases

Negociação de pauta com veículos de todos os segmentos

Planejar, desenvolver e implementar estratégias em relações públicas

Definição da estratégia de divulgação para veículos em geral e especializados

Coletar e analisar a cobertura da imprensa

Atualização do mailing

Atendimento a jornalistas

Mídias Sociais 

Gerenciamento das mídias digitais da Interbrand: Facebook, Twitter, website

Desenvolvimento de conteúdo a ser publicado

Comunicação 

Planejamento e auxílio na produção dos eventos da Interbrand

Atendimento aos outros escritórios da Interbrand no mundo

Planejamento e inscrição em concursos, eventos e exposições

Requisitos

Inglês fluente – oral e escrito (isso é fundamental)

Experiência em assessoria de imprensa e/ou mídias sociais

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

CES 2015: As novidades da maior feira de eletrônicos do mundo

0

Aconteceu na última semana em Las Vegas, o CES 2015, Consumer Eletronics Show, a maior feira de eletrônicos do mundo que reúne grandes nomes do mercado para apresentar os principais lançamentos do ano. Reunimos algumas das novidades mais inovadoras. Confira:

SWAROVSKI: Conhecida por embelezar itens de outras marcas, além de sua própria linha de jóias e acessórios de cristal brilhantes, a marca fez a estratégia de criar uma coleção exclusiva que vai integrar estilo e tecnologia. O grande cristal facetado é capaz de medir passos, calorias, qualidade de sono, além de conectar-se com o dispositivo móvel do usuário, adequando todos os estilos e ocasiões. Estão para lançar também o primeiro rastreador que não exige nenhum carregamento de bateria ou alterações.

Mercedes-Benz: Fez um premiere de seu novo L 015 Luxury, que apresenta a visionária ideia da companhia de proporcionar carros que dirigem de forma autônoma. A FORD está planejando o “Smart Mobility”que visa alcançar o mesmo patamar de conectividade, mobilidade e autonomia, mas focando em um veículo mais barato para um publico mais acessível.

Nixie: Empenhados a ir além dos limites da tecnologia, apresentaram o primeiro wearable que se transforma em drone, uma fusão das áreas mais quentes do mundo tecnológico.

3D Systems + Hershey: Chocolatras não precisam mais ir até a loja mais próxima para comprar um chocolate. Agora eles podem simplismente imprimi-lo e se deliciar. A parceria trouxe à CES 2015 a “CocoJet” uma promessa de que os consumidores podem fazer suas próprias guloseimas de chocolate dentro de casa – e longe da cozinha. Inovação deliciosa, não?

INMOJI: Nomeada pela ADWEEK como uma das 5 startups imperdíveis no CES 2015, está ampliando a forma de interagir entre as marcas e os consumidores. Em um mundo cada vez mais conectado, nada mais justo que transformar os logos das marcas em emojis, dando aos usuários do Inmoji, a chance de compartilhar suas marcas, produtos e experiências preferidas em sua conversa online com amigos.

BEENOCULUS: E os brasileiros também fizeram parte da feira. O Beenoculus é um acessório para smartphones, que basta ser encaixado ao aparelho para proporcionar uma realidade virtual aos seus usuários. Apesar de já existirem modelos similares, o produto apresenta um preço acessível, para difundir a realidade virtual, além de ser prático e não ter fios.

Texto adaptado por Lara Junqueira

Referência BrandChannel

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

I’m REALLY lovin’ it

0

Novo ano. Novo posicionamento. Foi assim que o McDonald’s começou 2015, reforçando o slogan “I’m lovin it” com a tarefa de impulsionar as vendas e estabelecer uma relação duradoura com os clientes.

A marca apresenta uma nova visão e plataforma de marketing, evidenciando a crença de que um pouco mais de amor pode mudar muita coisa. Uma oportunidade de ampliar a transparência que vêm adotando desde o segundo semestre do ano passado, que começou com o programa “Our food. Your questions”, movido pela filosofia de transformar “bilhões sendo servidos” em “bilhões sendo ouvidos” e assim estabelecer um diálogo aberto com seus consumidores.

A nova campanha publicitária que começou a ser implantada na última semana nos Estados Unidos, nomeada de “Archenemies”, foi lançada paralelamente as novas maneiras que a marca adotou de se relacionar por meio das mídias sociais, além de novos uniformes, embalagens e sinalizações nos restaurantes.

Este primeiro reflexo do novo posicionamento mostra personagens clássicos dos desenhos animados que são inimigos, incluindo Batman e Coringa e Papa-Léguas e Coiote, dando prioridade ao amor e amizade entre eles. Isso para enfatizar o clima do “I’m lovin it”, que será a inspiração da marca para reforçar sua imagem e identidade durante todo o ano.

Texto adaptado por Lara Junqueira

Referência BrandChannel

0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

O que aprendemos com o boom de marcas feministas de 2014

0

2014 foi marcado, entre outras coisas, por uma forte retomada do discurso feminista na mídia, agora focado principalmente no empoderamento das mulheres e no questionamento de estereótipos de gênero.

Vimos referências ao feminismo em todo lugar – do letreiro em neon da apresentação da Beyoncé no MTV Video Music Awards à manifestação encenada no desfile de Karl Lagerfeld para Chanel. No Google, a busca pela palavra “feminista” esteve em ascensão desde julho de 2014, chegando ao seu pico em novembro, patamar que só havia sido atingido no mesmo mês de 2005 (fonte: Google Trends).

Esse movimento tem sido entendido como uma quarta onda do feminismo e, em relação às suas antecessoras, a nova onda tem como uma de suas características a grande participação das marcas de empresas e produtos. Fato é que essas marcas perceberam o poder desse discurso e a relevância que ele tem para as mulheres.

Uma pesquisa conduzida pelo canal SheKnows com 628 mulheres comprova essa percepção. 91% das entrevistadas acreditam que a forma como as mulheres são retratadas na comunicação tem um impacto direto em sua auto-estima e 94% concordam que representar a mulher como um símbolo sexual é prejudicial.

O estudo também mostrou que mudar o discurso pode ser lucrativo para as marcas. 52% das mulheres ouvidas afirmaram já terem comprado um produto por gostarem da forma como a sua marca retrata as mulheres em suas campanhas.

**

Em 2014, a grande representante das marcas feministas foi a Always. Com uma campanha que chegou a 53 milhões de visualizações no Youtube, a marca colocou em debate a conotação negativa de fazer as coisas “como uma menina” (em inglês, “like a girl”) e mostrou que esse modo de agir pode ser muito forte e poderoso.

Goldie Blox também ganhou destaque (e um prêmio) no mesmo ano. A marca representa uma linha de brinquedos para futuras engenheiras, meninas que se cansaram das princesas e bonecas e querem mais.

Mas os exemplos não param por aqui. Além da Always e Goldie Blox, só no ano passado, também se apropriaram do discurso feminista: Pantene, Verizon, Under Armour, Snickers, Nike, Dove, Mattel, entre outras. São tantas as campanhas que o fenômeno recebeu um nome: femvertising, uma junção de “feminism” com “advertising”.

Mas será que toda essa agitação é realmente positiva para as mulheres? Sim e não. A movimentação das marcas dá voz à causa feminista e populariza o termo que por muito tempo foi tabu entre mulheres e homens.

Entretanto, não podemos nos esquecer que o feminismo é um movimento social, político e econômico sério, que luta por direitos iguais nessas três esferas. Algumas das marcas citadas têm sido criticadas por não entenderem o real significado do movimento e banalizarem a causa.

Como combater essa visão negativa e ser uma marca verdadeiramente feminista? Algumas dicas nossas:

1) Faça mais que uma campanha, coloque em prática os ideais feministas: ofereça salários iguais para as mesmas posições na sua empresa, independentemente do sexo; retrate em suas campanhas mais de um tipo de beleza, mais de um tipo de mulher; pegue leve com o photoshop; combata o assédio moral;

2) Entenda que feminismo não é o contrário de machismo: ninguém é melhor que ninguém. O recente movimento de supervalorização da mulher deturpa o ideal do feminismo, que nunca pregou uma superioridade feminina. Além disso, retratar as mulheres como superpoderosas pode causar ainda mais angústia entre elas pela impossibilidade de realização de tantos ideais de si (boa mãe, profissional bem sucedida, sempre bela e magra);

3) Não rejeite os códigos tradicionalmente femininos: a mulher pode gostar deles e não há nada de errado nisso. Brincar de boneca, usar rosa e ser delicada, não matam ninguém. Cuidado para não cair em uma certa masculinização da mulher, como se tornar-se mais homem fosse o único caminho para o empoderamento feminino.

Texto por Paula Camarão

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

Curso de férias no Insper: Gestão Estratégica de Marcas

0

Estão abertas as inscrições para a turma de férias do curso “Branding: Gestão Estratégica de Marcas” no Insper. O curso que terá carga horária de 48 horas, terá em seu corpo docente nossa diretora executiva, Daniella Giavina-Bianchi, o Diretor de Estratégia, André Matias e o consultor de estratégia e inovação da Interbrand, Rodrigo Marques, além de outros profissionais da área.

Informações do curso

Carga horária

48 horas presenciais

Datas e horários

Início: 26/01/2015 Fim: 31/01/2015

Segunda à quinta-feira, das 09h às 18h30

Sexta, das 09h às 18h

Sábado , das 09h às 16h

Para se inscrever, clique aqui.

 

 

 

 

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

Anúncios natalinos

0

As festas de fim de ano chegaram, e com elas, os diferentes segmentos e marcas lançam as tradicionais campanhas comemorativas como uma forma de atrelar seus valores à essa data tão simbólica. Confira algumas delas:

HONDA: Os personagens de desenhos animados que marcaram as gerações dos anos 80 e 90 invadiram a campanha, que conta também com músicas natalinas e, é claro, os carros da marca. Tudo isso atrelado a uma boa causa:  ajudar uma instituição de caridade.

APPLE: A primeira colocada do Best Global Brands 2014, uniu tecnologia e simplicidade para enfatizar sentimentos e valores familiares. O resultado? Uma campanha que gera muita comoção, perfeito para a época natalita.

PEPSI: Uma melodia tradicional do Natal é tocada com garrafas retornáveis de Pepsi no lugar de instrumentos, mostrando como a marca vive em harmonia com a natureza.

PERDIGÃO: A campanha mostra de forma humorada como é importante seguir a tradição de ter Chester Perdigão em sua ceia de natal. Para aqueles que insistem em fugir do tradicional, eles mostram qual a consequência:

H&M: A campanha da rede fast fashion além de apresentar algumas peças da marca para as festas de fim de ano, conta com a participação de Lady Gaga e Tony Bennett que fazem um dueto da canção “It don’t mean a thing”, de Duke Ellington e Irviing Mills.

STELLA ARTOIS: A primeira campanha de fim de ano apresenta a história da marca, que tem uma relação muito forte com o natal além de realizar sonhos de algumas pessoas. Tudo isso contado em cinco episódios:

LAN, TAM E COCA COLA: As marcas se juntaram com o objetivo de conectar a felicidade, aproximando familiares que moram longe e gostariam de estar juntos na época do natal.

Texto adaptado por Lara Junqueira

Referências BrandChannel

 

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

Nomes de Rua

0

Um dos assuntos mais falados na Interbrand durante as últimas semanas foi o Best Bairro Brands. Mas nem só de marcas e bairros esse estudo foi feito, ele também é repleto de inspiração.

Ainda nesse ritmo, confira alguns microcontos que carregam em si a beleza da poesia paulistana.

Ainda não viu nosso estudo Best Bairro Brands? Confira aqui.

Microcontos por: Camilla Cossermelli, Juliana Batah e Tatá Scaroni

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Fabio Testa
em

Se Cuba não vai ao Papa…

0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>