Interbrand - Creating and managing brand value

Voltar ao topo
Postado por
Fabio Testa
em

Se Cuba não vai ao Papa…

0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

O Shazam das compras

0

Quem nunca achou legal uma peça de roupa em alguém andando na rua? Agora os consumidores podem descobrir, por meio de seus smartphones, onde encontrar uma peça de roupa igual ou parecida.

A Macy’s, rede de loja de departamentos, criou um aplicativo para facilitar essa interação entre os gostos e compras dos consumidores e torná-los cada vez mais próximo das marcas. Usando imagens capturadas em um dispositivo móvel,  pode ser feita uma conexão entre o mundo físico e virtual levando o usuário para a plataforma de compras, por meio da tecnologia de reconhecimento de imagem.

O projeto, feito em parceria com a Cortexica, empresa de busca visual do Reino Unido, vêm para ajudar os compradores  a acharem as peças que tanto desejam nas ruas, nos amigos ou em celebridades, adquirindo peças iguais ou semelhantes de forma prática e rápida na loja virtual da Macy’s.

A marca é a primeira varejista americana à fazer uma parceria como essa. No ano passado, foi criado um aplicativo semelhante que reconhecia as peças de catálogos, revistas e outdoors da loja. O reconhecimento de peças no mundo real, abre inúmeras oportunidades de crescimento para a loja virtual da marca, por ser uma forma simples e conveniente de fazer compras .

No começo do ano, a startup Asap54, da designer brasileira Daniela Cecilio, que vive em Londres, surgiu com esse mesmo propósito. Com mais de 150 parceiros comerciais pelo mundo, o aplicativo serve para localizar as peças preferidas, aonde quer que elas tenham sido encontradas.

Já aqui no Brasil, a Netshoes apresentou no ano passado o Netshoes Click, aplicativo que identifica mais de 5000 modelos de tênis. Uma iniciativa coerente com a criação do novo posicionamento e identidade que a Interbrand ajudou a construir para a marca: a de ser percebida como especializada em esportes e atletas. Saiba mais aqui.

As compras visuais têm um mecânismo muito parecido com o Shazam, aplicativo que localiza nomes das músicas que estão tocando naquele ambiente. No mundo dos vestuários, também tem tudo para dar certo, tanto para os consumidores quanto para as marcas de varejo.

Texto adaptado por Lara Junqueira

Referências: BrandChannel e Hypeness

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

LONG LIVE LONG PLAY

0

Bolachão. Disco. LP. Ou simplesmente disco de vinil. Chame como quiser, a verdade é que esse cara já transcendeu as décadas e sobreviveu a muitas inovações tecnológicas.

Como toda estrela do rock, o disco de vinil teve sua ascensão, ápice e decadência. Já foi quase extinto. Mas voltou em alto e bom som. E tem marcas se aproveitando da história e de todo o significado entre os sulcos do disco para ganhar força. Quer ver como?

1. SKOL RECORDS

Ninguém nos anos 90 imaginaria esse tipo de ação no novo milênio. A marca Skol instalou, no famoso festival de música Lollapalooza, uma loja de discos de vinil. No vídeo, dá pra ver que seu público não é o tiozinho saudosista, abominador de CD – estereótipo antigo de consumidor do bom e velho bolachão. Essa imagem do colecionador de vinil se foi há anos. Hoje, a imagem é outra. É uma galera hip, jovem e descolada. Quem ouve vinil hoje é in, é cult, é amante da música, nada brega ou ultrapassado. A ação da Skol funciona hoje, mas há uma década, com certeza não teria tido o mesmo efeito.

2. VINIL BURGUER

Na carismática esquina da Vupabussu com a Padre Carvalho, em Pinheiros, há uma hamburgueria pequena em tamanho mas cheia de personalidade: o Vinil Burguer. O Vinil, como é chamado pela clientela, tem um ar cool e descolado, quase underground. E essa identidade toda já está no nome – xará do velho disco de vinil que a gente já gosta e conhece.

3. BUDWEISER: O ANÚNCIO-VINIL

Música, festa e bebida: tudo a ver com uma juventude boêmia, disposta a aproveitar a vida ao máximo e ao som de uma digna trilha sonora. Falamos exatamente do tipo de consumidor que a marca de cerveja Budweiser quer atrair. Para isso, o que seria melhor para demonstrar ao seu público-alvo que está à sua altura do que fundir dois universos: o do disco de vinil e o da música do momento? E, ainda, com a surpresa de ser uma página destacável da sua revista preferida?

Assim, o disco de vinil não apenas sobrevive às revoluções tecnológicas, mas as supera cada vez com mais força e personalidade. Quem ouve vinil hoje pode não ser quem ouvia no passado, nem quem ouvirá no futuro, mas uma coisa é certa: quando a agulha chegar no fim do lado, alguém com certeza estará por perto para virar o disco. E as marcas sabem dançar conforme a música.

Texto por Camilla Cossermelli

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

Evento de lançamento do ranking das Marcas Brasileiras Mais Valiosas de 2014

0

Hoje lançamos o ranking das Marcas Brasileiras Mais Valiosas do ano, e também nosso estudo Best Bairro Brands! O evento realizado no Insper, contou com a presença de pessoas apaixonadas por marcas e executivos de diversas empresas, que puderam conhecer as vinte e cinco marcas de maior valor de 2014.  Para saber mais sobre as histórias e análises dessas marcas, clique aqui.

O Diretor de Estratégia da Interbrand, André Matias, apresentando o ranking das marcas mais valiosas.

Já o estudo Best Bairro Brands, apresenta as histórias de marcas de bairro, que tem uma relevância cotidiana e emocional na vida das pessoas, tendo muito a ensinar para grandes empresas. Além disso, o estudo apresenta artigos que mostram a relevância de marcas, bairros e a junção dos dois, com participações do jornalista Marcelo Duarte, Julie Mossler, Head of Global Communications & Criative Strategy do Waze, o empresário Facundo Guerra entre outros.

A nossa Diretora Executiva, Daniella Giavina-Bianchi, contando sobre o estudo Best Bairro Brands

No evento, tivemos a presença de Samuel Seibel, da Livraria da Vila, Sérgio Camargo, da Cia Tradicional do Comércio, fundadora de marcas como Bráz e Lanchonete da Cidade e Gilberto Dimenstein,  do Catraca Livre, que debateram sobre como marcas de bairro são relevantes para suas vidas pessoais, além de contar sobre a realidade de seus negócios. Confira o estudo aqui.

Gilberto Dimenstein, do Catraca Livre, Samuel Seibel, da Livraria da Vila, Sérgio Camargo, da Cia Tradicional do Comércio, Fernando Andreazi, Consultor Sênior de Identidade Verbal da Interbrand e Felipe Valério, Diretor de Criação da Interbrand.  

Veja como foi o lançamento!

Claudio Haddad, presidente do Insper, abriu o evento.

Gilberto Dimenstein, Samuel Seibel, Sérgio Camargo e Fernando Andreazi

Beto Almeida, Diretor Executivo da Interbrand, Daniella Giavina-Bianchi e André Matias anunciando as 25 marcas brasileiras mais valiosas

André Matias, Daniella Giavina-Bianchi e Beto Almeida entregando o prêmio para os representantes das cinco primeiras marcas do ranking.

André Matias 

0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Interbrand
em

Chegou a hora! Venha conhecer as Marcas Brasileiras Mais Valiosas 2014 e as nossas Best Bairro Brands

0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

Luz, câmera… inserção!

0

Enquanto o filme Os Vingadores 2: Age of Ultron, ainda não chega aos cinemas, a inserção de produtos já está sendo feita para as marcas que têm parceria com o novo lançamento da Marvel.

A Samsung, por exemplo, aparece duas vezes no trailer mais recente – que já tem mais de 12 milhões de visualizações – com um tablet Samsung Galaxy detido pela personagem Viúva Negra, interpretada por Scarlett Johansson, enquanto o logotipo da marca e do smartphone Galaxy S são mostrados em outra cena – veja abaixo:

A marca pode ter também uma participação especial no trailer official, mas quem vai ganhar destaque na pré-estreia de Os Vingadores 2 é a Harley-Davidson. Além de já ter marcado presença em diversos filmes da Marvel como Wolverine e Capitão América, a marca vai ter apostas ainda maiores com Os Vingadores 2. Isso porque eles vão usar o filme como uma forma de lançamento da mais nova inovação da marca, a motocicleta elétrica do projeto LiveWire – além de inserir no filme uma Harley Street 750.

E eles estão presentes também nos três trailers oficiais do filme. No mais recente, que está acima, a moto que a Viúva Negra está após cair de um avião e a usada pelo Capitão América, são da Harley-Davidson. Colocar dois personagens como esse em uma LiveWire, desperta o interesse tanto de fãs da Marvel quanto de compradores da Harley. É o que a marca espera.

A Marvel tem trabalhado para unir seus títulos e pensonagens em uma única narrativa, mas o mesmo parece não estar acontecendo com a colocação de produto dos filmes unitários/sozinhos.

Para o Homem de Ferro, por exemplo, a Marvel fez parcerias com a LG (Homem de Ferro 2) e depois com a TCL da China (Homem de Ferro 3). A presença da Audi no mesmo filme estava fora de sintonia com o acordo entre a Acura e franquia de Os Vingadores – que também parece ter perdido espaço.

E mesmo não sendo um dos patrocinadores oficiais para o próximo lançamento do filme, a Audi é o primeiro logotipo que é visto no trailer – depois da Marvel – além de aparecer uma segunda vez.

 

Texto adaptado por Lara Junqueira

Referência BrandChannel

 

 

 

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

Allianz Parque. Uma marca que canta e vibra

0

O Parque Antártica fez história. Se tornou uma marca do bairro da Pompéia, da Zona Oeste, do futebol brasileiro e, claro, da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Quem já viu uma vitória do Verdão no Palestra, não vai esquecer tão cedo. 

“Explicar a emoção de ser palmeirense, a um palmeirense, é totalmente desnecessário. E a quem não é palmeirense… É simplesmente impossível!”

Joelmir Betting.

Essa história merecia um novo capítulo. E coube a nós, aqui da Interbrand ajudar a escrevê-lo. Nosso papel? Pensar o novo nome deste espaço tão querido para a nação alviverde.

Nasceu o Allianz Parque, um nome que traz a empresa que investiu para tornar esse sonho viável. E que, ao mesmo tempo, não nos deixa esquecer do Parque, uma palavra que já faz parte do dicionário (e do imaginário) de todo palmeirense.

Que orgulho. A arena ficou linda. E o seu nome também. Valeu Interbrand, valeu Allianz, valeu Palmeiras!

Texto por Fernando Andreazi e imagens por Lucas Gini

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Voltar ao topo
Postado por
Lara Junqueira
em

LANMARQ – A nova economia das marcas Latinas analisadas por profissionais do branding

0

Esse é o título do novo livro de Gonzalo Brujó, Presidente para América Latina e Ibéria da Interbrand, que está sendo lançado hoje em Madrid.  Vinte países dessas regiões se tornaram capítulos para abordar as histórias e previsões de marcas fortes no mercado de cada um deles.

Lanmarq, título que faz menção a América Latina (LAN) e marca (MARQ), é uma leitura imperdível tanto para interessados em explorar mais o mundo do branding nessas localidades, quanto por profissionais e especialistas do setor.

Só para dar um gostinho, o capítulo brasileiro, escrito por Beto Almeira e Daniella Giavina-Bianchi, nossos Diretores Executivos, faz uma análise econômica e histórica do país, além de inserir nesse panorama, marcas relevantes do nosso mercado, em diversos setores.

Você já pode conferir o livro nas lojas do Itunes e Google Play enquanto ele não chega por aqui.

Parabéns Gonzalo!

Leitura relacionada
0 Comentário(s)
Loading... Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>